14/04/2009

O CRIME DA COTA

Eu e você fazemos parte de algumas minorias. No meu caso, entre outras, sou da minoria dos descendentes de imigrantes alemães, consequentemente um "indivíduo de cor branca" para o governo Lula, sem direito a vantagem no seu sistema de cotas. Não por isso, mas como todos nós, fui discriminado por algumas razões nos meus anos de escola. Nem por isso meu pai reivindicou para mim qualquer vantagem competitiva. Mas outros, descendentes de imigrantes africanos, "indivíduos de cor negra" e discriminados, na classificação petista, têm direito a receber proporcionalmente mais dos impostos que pago. Benesse com chapéu dos outros. Só isso já bastaria para mostrar a injustiça do sistema.



Há mais. Este infeliz sistema só faz aumentar as razões para a discriminação social. Troca o mérito pelo demérito. O respeito pelo desrespeito. Como imaginam os petistas que um vencedor pelo mérito passe a encarar a vida depois de perder sua vaga para um cotista? Pelo outro lado, será que para o beneficiário do sistema é melhor ser discriminado, estigmatizado, desrespeitado, todos os dias de 4 ou 5 longos anos em uma universidade em vez de receber a admiração por ter vencido competindo em igualdade a despeito de sua suposta desvantagem? A natureza é feita por desigualdades. É ela a base da evolução de todas as espécies! Não existem duas folhas iguais, dois vermes iguais, dois homens iguais. É esta desigualdade que nos fez existir e evoluir como espécie.

É óbvio que há desigualdade. Mas sua origem é a incapacidade de nossos governos oferecerem um ambiente e condições de competição igual para todos. De oferecerem ensino básico de qualidade para todos. De oferecerem um sistema econômico com baixa taxa de desemprego para a rotatividade proporcionar no médio prazo oportunidade de trabalho para todos. É evidente que há discriminação, é da natureza humana discriminar. Mas quem precisa de mais discriminação do que já tem?

Só posso agradecer por pertencer a uma minoria não privilegiada pelo sistema de cotas. O que conquistei foi por meu mérito e sorte. Não roubei nada de ninguém e não aceitaria ser visto como um usurpador do que por direito seria de outro. É por institucionalizar o roubo que o sistema de cotas chega a ser crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião. Discorde, concorde, acrescente, aponte algum erro de informação. Participe deste blog.

Obrigado.