13/05/2009

HELENA, HELENA, HELENA!

Ficou surpreso quando o senador Eduardo Suplicy - a própria imagem da probidade, da honestidade - declarou que fez uso indevido de sua cota de passagens aéreas? Ficou de queixo caído, babou na gravata, ao ler a manchete de que a senadora Heloisa Helena - imagem da inocência, das boas intenções, da correção de caráter - também está envolvida por ter cedido ao filho algumas passagens? Nada a estranhar. Se fuçar encontra outros abusos de poder que ela, ele e outros parlamentares cometem todos os dias.



Lidei com políticos para nunca mais. Não é que não haja honestidade, é que a deles é diferente da minha, da sua. Antes de eleitos são humildes, servidores, pedintes do seu voto. Eleitos, se consideram eleitos pelos deuses, não por você. Consideram-se escolhidos pelo destino, pelo "cara" lá de cima para ser o "cara" aqui de baixo, diria Romário. Quem afinal quer passar pelo que eles passam para representá-lo diariamente (de 3ª. a 5ª.) no Congresso Nacional? Está você disposto a correr semanalmente o risco de uma viagem de avião para Brasília? E que dirá do risco de não ser reeleito e ficar desempregado?

Você precisa entender que eles são pessoas especiais, mais especiais que você porque abnegadas por você, que abrem mão todos os dias do conforto próprio para lutar por dias melhores para você. Será que você não entende que isto lhes dá direito a certos pecadilhos, a certas benesses que não podem ser ditas abertamente? Ou você prefere que eles apareçam na mídia comunicando que estão mandando mulher e filhos para Paris, Disney ou Dubai, com passagens pagas por todos nós, os contribuintes patrocinadores da regalia? De minha parte recorro a César, o Imperador, e Taiguara, o cantor.

“Até tu” Suplicy? “Helena, Helena, Helena”, que andas fazendo com o mandato que lhe dei!!!???

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião. Discorde, concorde, acrescente, aponte algum erro de informação. Participe deste blog.

Obrigado.