06/05/2014

ESTUPIDEZ IDEOLÓGICA

Há um mês, conservo em banho-maria a mensagem de um amigo me passando um link para um vídeo sob o título desta postagem. Há um mês venho remoendo se deveria ou não repassá-lo, tamanha é a repulsa ao discurso de uma professora da USP e auto-titulada historiadora de filosofia. Envergonhou a mim e, tenho absoluta certeza, envergonhará a totalidade dos cidadãos brasileiros, que uma professora de nossa maior e mais renomada universidade, se apresente a seus alunos com este discurso. Foi, portanto, esta vergonha que me fez pensar 30 dias se deveria ou não dar divulgação a isto.

Hoje, finalmente, decidi por divulgar porque entendo que precisamos saber exatamente com quem estamos lidando (preste atenção em quem está no palco). Atentem para o fato de que tal figura é expoente do pensamento marxista praticado pelo petismo que hoje já está entranhado em grande parte da iniciativa privada (principalmente na mídia) e na máquina pública (em todas as áreas e níveis). Eí-lo.


Não sei se você vai ter a mesma sensação, mas a coisa é tão non-sense que seria ainda mais non-sense dar qualquer argumento contra a afirmação desta pseudo-intelectual. A uma pessoa que, devendo ter altos princípios éticos por ser uma referência para jovens estudantes, manifesta o que ela manifesta, da maneira que manifesta, nada a fará mudar um átimo do seu discurso raivoso. E se, por mais uma vez, elegermos essas cabeças (Eduardo e Marina, inclusos), nós mereceremos o que nos advirá.

Aconselho também a leitura de dois textos publicados hoje (6/5/14) no jornal O Globo. O primeiro está na seção Opinião com o título "Os estragos do governo petista em estatais". O segundo, do historiador Marco Antonio Villa, sob o título "Adeus, PT" (que todas as entidades do universo o ouçam!!!).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião. Discorde, concorde, acrescente, aponte algum erro de informação. Participe deste blog.

Obrigado.