13/11/2016

CURSO RÁPIDO DE ECONOMIA - ERRATA

Um viajante chega a um hotel para dormir, mas pede para ver o quarto. Entretanto, entrega ao recepcionista um cheque de 200 reais como garantia enquanto faz a vistoria. 


Enquanto o viajante inspeciona os quartos, o gerente do hotel sai correndo com o cheque e vai à mercearia ao lado pagar uma dívida antiga do hotel,... exatamente de R$200,00 .  



Surpreendido pelo pagamento inesperado da dívida, o dono da mercearia aproveita para pagar a um fornecedor uma dívida que tinha há muito... também de R$200,00 . 



O fornecedor, por sua vez, pega o cheque e vai à farmácia, para liquidar uma dívida que tinha de... R$200,00 . 



O farmacêutico, cheque em mãos, corre para o bordel ali ao lado, liquidar uma dívida com uma prostituta.... coincidentemente, a dívida era de R$200,00. 



A prostituta agradecida, sai com o cheque em direção ao hotel, lugar onde habitualmente levava os seus clientes e que ultimamente não havia pago pelas acomodações. Sendo a dívida superior a R$200,00, ela avisa o gerente que está quitando parte e coloca as notas em cima do balcão. 



Segundos depois o viajante retorna do quarto, e diz não ser o que ele esperava, pede o cheque caução ao gerente, agradece e sai do hotel. 



Ninguém ganhou um centavo, porém agora toda a cidade vive sem dívidas, com o crédito restaurado, ninguém precisou recorrer a tribunais e todos começam a ver o futuro com confiança!  



MORAL DA HISTÓRIA:  



NINGUÉM ENTENDE A ECONOMIA! (como o prova quem escreveu o original desta história!) 


-------------------------------------------------------------------------------------------------------

A historinha original (aqui modificada) colhi da Rede em algum momento no passado. Guardei sem saber por que. 


Descobri hoje. Dado o presente que o Brasil vive, resolvi postar esta "errata" como contribuição aos mais pessimistas. 



Fiz algumas adaptações e um pequeno acréscimo final, como um toque de... digamos... realidade a uma bela fantasia (sem prejuízo do conceito econômico que é absolutamente verdadeiro, e como dizia um antigo cliente meu: "O dinheiro tem que circular").


O hotel teve que lançar um prejuízo de R$200,00 reais, já que pagou uma conta de R$ 200,00 e ainda teve que devolver o cheque de R$ 200,00.


Como ninguém conseguiu falar com o dono do hotel (provavelmente um fundo de investimento sem dono identificável), não se sabe dizer se o gerente foi demitido por justa causa e/ou se teve que cobrir o prejuízo causado do próprio bolso.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião. Discorde, concorde, acrescente, aponte algum erro de informação. Participe deste blog.

Obrigado.